Testes de Covid-19 são realizados em motoristas de ônibus de Cuiabá e Várzea Grande

WhatsApp Image 2020-06-09 at 17.43.54

Começa amanhã e segue até a próxima sexta-feira (12), feriado de Corpus Christi, a testagem para Covid-19 em motoristas do sistema de transporte coletivo de Cuiabá e Várzea Grande. Nessa primeira etapa os exames gratuitos serão realizados em 303 motoristas.

A ação é uma parceria do SEST/SENAT e MTU/STU entidades que representam as empresas de ônibus. Segundo o diretor da unidade SEST/SENAT de Cuiabá, Ricardo Azevedo, essa é mais uma mobilização nacional realizada em mais de 120 postos, que visa atender 30 mil trabalhadores do transporte urbano e rodoviário em todo País, levando assistência social, educação e saúde. “Apesar de serem testes rápidos, o resultado será encaminhado em até 48 horas no e-mail dos participantes”, declarou. Durante a testagem, todos os motoristas vão receber máscaras de tecidos que são reutilizáveis.

A testagem vai acontecer na sede do SEST/SENAT, localizada na avenida Fernando Correa da Costa, Coxipó, em Cuiabá, das 8h às 12h. No local, haverá equipe de médicos/ enfermeiros e psicólogos para acompanhamento dos motoristas testados. Também, os trabalhadores irão receber reforço nas orientações de higienização para combate ao Covid-19. De acordo com o presidente da MTU, Rômulo Botelho, apesar da dificuldade de conseguir os testes para aplicação nos motoristas, ação demonstra a preocupação das empresas não somente com os trabalhadores, como também, da população cuiabana e várzeagrandense que utiliza ônibus para se locomover.

Desde o início de março, as empresas do transporte urbano de Cuiabá e Várzea Grande tem intensificado medidas preventivas de modo a minimizar os riscos à saúde de passageiros e de profissionais que atuam na prestação dos serviços.Em Cuiabá, logo que a justiça autorizou a circulação de 30% da frota foram mapeadas as quatro regiões da cidade, para atender exclusivamente profissionais de serviços essenciais, principalmente da saúde. Sendo todos os ônibus identificados com adesivos, atendendo o itinerário dos hospitais públicos e privados da Capital. Outra medida adotada foi a desinfecção e limpeza de balaústres e pega-mão dos ônibus nos pontos finais das principais linhas do sistema. Também, está sendo feita medição de temperatura de todos antes de iniciar a jornada de trabalho, utilizando termômetros de testa. Quem tiver temperatura acima de 37,8 graus retorna para casa.

 


Assessoria de Comunicação MTU