Terminal André Maggi recebe obras de reforma na melhoria da mobilidade e acessibilidade à população

SECOM VG - SECOM VG

 O terminal intermunicipal de transporte coletivo de Várzea Grande, ‘André Maggi’, localizado no Centro, está passando por reformas que visam à melhoria da infraestrutura e a segurança dos passageiros. A empresa, União Transporte e Turismo Ltda, que é a concessionária do serviço, cumpre um dos compromissos firmados junto à Agência de Regulação e Serviços Delegados de Mato Grosso (Ager), no momento da validação da nova tarifa do bilhete intermunicipal para 2016.

Para execução dos serviços foi necessária a retirada dos vendedores ambulantes, ao mesmo tempo em que cumpre uma ação interposta pelo Ministério Público Estadual (MPE) com a mesma finalidade.
 
Dentro do terminal serão reformados os banheiros, as plataformas de embarques e desembarques, serão feitas as sinalizações, como faixas de segurança, e o melhoramento da acessibilidade.
 
Segundo o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes, a empresa concessionária deverá entregar ainda ao Município, em contrapartida à validação da nova tarifa, 45 novos ônibus e alguns deles equipados com instrumentos de acessibilidade e com prazo para entrega previsto para este primeiro semestre. “Além da reforma do terminal e da renovação da frota, bem como replanejamento de itinerários e de ajustes de manutenção da frota em circulação, a empresa se comprometeu a reformar abrigos existentes e ainda, entregar 90 novos pontos de ônibus ao Município. Na próxima semana estaremos implantando dez unidades novas no bairro Cristo Rei e outras 20 serão distribuídas em diversos pontos da cidade”.
 
Ainda em relação às reformas, o secretário explica que em razão dos reparos no terminal, será preciso retirar os vendedores ambulantes da parte interna do espaço, porque a aglomeração fere a segurança e a mobilidade nas plataformas de embarque e desembarque. “No período da reforma, a situação dos ambulantes será verificada, junto à Vigilância Sanitária e ao Fisco Municipal, quem estiver regular será realocado em local especial que não coloque em risco a segurança dos usuários do terminal. Todos os ambulantes foram notificados para que tenham tempo de se adequar às normas e legislação do segmento em que atuam”.