STU agradece apoio de moradores e policiais na proteção dos ônibus da grande Cuiabá

-
O STU, Sindicado que representa as Empresas do Transporte Coletivo Urbano de Mato Grosso, agradece o apoio da população cuiabana e várzea-grandense em proteger o transporte coletivo e seus trabalhadores. No último final de semana, ocorreram ataques a cinco ônibus na Grande Cuiabá, sendo que dois veículos foram consumidos totalmente pelo fogo. Em todos os casos, a população se empenhou em colaborar na conservação dos carros e até mesmo na proteção da vida dos motoristas. Do mesmo modo, as empresas (Pantanal Transporte, Integração Transporte, Norte Sul e União Transporte) que integram o sistema na Região Metropolitana, fazem questão de agradecer a eficiência dos Policiais Militares e do Corpo de Bombeiros, que não mediram esforços para impedir a depredação dos coletivos que fazem o transporte da comunidade. 

Recentemente, o Governo Federal sancionou a Lei nº 13.260/2016, em que “o uso ou ameaça de usar explosivos, seu transporte, guarda ou porte” e “sabotar o funcionamento ou apoderar-se com violência de médios e instalações de transporte” passa a configurar como crime de terrorismo na Constituição Federal, prevendo pena de reclusão de 12 a 30 anos de regime fechado. O artigo 250 do Código Penal prevê pena de três a seis anos de prisão e multa a quem causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou patrimônio de outrem. Quando o incêndio é causado em veículo de transporte coletivo, a pena aumenta em um terço.⁠⁠⁠⁠