Região do Grande Cristo Rei receberá 30 novos abrigos de ônibus

-
Em cumprimento a acordo estabelecido entre a Prefeitura de Várzea Grande e concessionária de transporte coletivo no município, com base no Decreto nº 12.02.2016, foi assinada ontem (14) a ordem de serviço para a construção dos primeiros 30 abrigos na região do Cristo Rei. 
Pelos termos acordados entre o Poder Público e a União Transportes, 90 novos abrigos serão construídos pela concessionária até o final do ano, informou o secretário de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Breno Gomes. Esse acordo decorre do último reajuste tarifário do setor. 

Segundo o secretário Breno Gomes, a Prefeitura não arcará com nenhum custo nestas obras, e vai acompanhar todo o processo de construção para verificar se as cláusulas do acordo firmado estão sendo cumpridas. 

“O importante é que a concessionária deu início ao cronograma de obras estabelecido com a Prefeitura, já iniciando a construção dos novos abrigos. Outras necessidades do usuário de transporte coletivo, que venham a atender e melhorar a qualidade dos serviços prestados podem ser implantadas para beneficiá-lo”. 

Cada abrigo custará R$ 5 mil reais, e obedecem a critérios modernos do sistema de transporte coletivo. “A região do Grande Cristo Rei é a primeira a ser beneficiada. Em seguida, outras regiões receberão abrigos e melhorias reivindicadas no segmento de transporte coletivo. O crescimento da cidade exige mudanças estruturais em todos os setores de serviço público, e o de transporte é um dos essenciais”, explicou Breno. 

Conforme considerações elencadas no decreto municipal e firmadas em acordo entre Prefeitura e a concessionária que detém os serviços de transporte coletivo no município, além da construção de abrigos, também está previsto a aquisição de 45 novos ônibus, inclusive equipados com instrumentos de acessibilidade, com prazo de entrega neste primeiro semestre de 2016. 

Faz parte do acordo também reforma e demais reparos junto ao Terminal Municipal André Maggi, bem como novo estudo e planejamento dos itinerários, para atender as demandas existentes, e reforma e manutenção dos veículos que se encontram em circulação. (Secom/VG)