Notícia
Novos ônibus articulados passam a circular em Cuiabá
15/01/2019 - 17:28
x Auto: Arquivo MTU / Arquivo MTU
Os dois primeiros ônibus articulados já estão circulando em Cuiabá. Os dois pertencem à Pantanal Transportes, e estão rodando com a linha 313 que atende os bairros CPA 1 e 3, Morada do Ouro, as Avenidas do CPA e Beira Rio até as proximidades da Unic.
Ao todo serão entregues pelas empresas: Pantanal Transportes, Integração Transportes e Norte Sul Transportes quatro veículos articulados, outros dois ônibus começarão a rodar no final de janeiro para o atendimento nas regiões dos bairros Parque Cuiabá (passando pelo Parque Atalaia, Cohab São Gonçalo, Centro) e o bairro Pedra 90 que fará o trajeto pela Av. Fernando Côrrea da Costa até o Centro. Esses dois carros foram disponibilizados pelas empresas Integração Transportes e Expresso NS respectivamente.
Com 21 metros de comprimento e com capacidade de transportar 152 passageiros em uma única viagem, os ônibus articulados possuem ar-condicionado, Wi-fi à bordo, carregador de celular, tomada USB, conforto e acessibilidade. Além disso os veículos dispõem de câmbio automático e suspensão a ar, que garantirão mais segurança para os passageiros durante embarque e desembarque.
De acordo com o diretor da Associação Matogrossense de Transportadores Urbanos (MTU), Ricardo Caixeta, os modelos mais modernos de veículos, irão contribuir positivamente com a proposta do Município de melhorar a frota do transporte público de Cuiabá.
“É um ônibus que tem uma capacidade de carregamento muito maior e com isso será possível, nos horários de pico, dar uma agilidade maior para levar os passageiros até o centro”, explica.
Os ônibus articulados possuem a tecnologia Euro5 - que é a última tecnologia disponível de motores para os veículos no Brasil com uma emissão de poluentes inferior dos ônibus tradicionais, adotada no Brasil desde 2012.
 “O veículo maior que o convencional demanda maior cuidado, mas com relação às curvaturas não haverá nenhum tipo de problema já que o sistema de articulação é justamente para permitir que o condutor faça as manobras em um raio de giro da mesma maneira que um ônibus convencional”, explicou o diretor.Com a implantação deste modelo, serão retirados de circulação os outros ônibus, uma vez que os novos veículos deverão suprir as necessidades.
FONTE: Assessoria de Comunicação MTU
AUTOR: Assessoria de Comunicação MTU