Notícia
Biometria Facial é instalada em Terminais de Integração de Cuiabá e Várzea Grande
23/11/2018 - 11:22
x Auto: Arquivo MTU / *
A MTU  tem ampliado o controle  do uso  indevido  dos cartões de gratuidade (Estudantes, Idosos e Portadores de Necessidades Especiais),  através do monitoramento do sistema de reconhecimento facial. 
Estão sendo instaladas câmeras de biometria facial nas catracas que dão acesso aos Terminais de Integração André Maggi (Várzea Grande), CPA 1 (Cuiabá) e Estação Alencastro (Cuiabá). Através de fotos, os equipamentos verificam se o usuário que usa o cartão de gratuidade é o próprio titular. Caso seja comprovada irregularidade, a MTU notificará o titular do cartão de gratuidade, o mesmo terá um prazo de 10 (dez) dias, para apresentar a defesa, a contar do recebimento da advertência. 

Desde março do ano passado, quando iniciou o monitoramento através da biometria facial, 25.431 cartões de gratuidade foram bloqueados. A maioria das fraudes foi detectada em cartões de passe livre estudantil (Escolar 100%), o que representa 43% das irregularidades.  Seguido de 37% nos cartões de gratuidade (Escolar 50%). Também, a auditoria da MTU identificou 11% de fraudes nos cartões de Portador de Necessidade Especial – PNE e identificou que 9% dos cartões da Melhor Idade eram usados por terceiros. Das 25.431 irregularidades, apenas 6.221 beneficiados, que tiveram o cartão bloqueado, procuraram a MTU para assinar o termo de advertência, o que representa 24%.

 

FONTE: Assessoria de Comunicação MTU
AUTOR: Assessoria de Comunicação MTU