Notícia
Indicadores apontam que mais de 55% da população aprova atendimento dos motoristas do transporte
09/01/2018 - 17:19
x Auto: Luiz Alves /

Mais de 55% da população cuiabana aprova o atendimento dos motoristas de ônibus do transporte público da Capital, apontou pesquisa de opinião realizada pela Agência Municipal de Regularização de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) entre 7 e 31 de agosto de 2017.  A pesquisa também mostra que 78,48% avaliam que os motoristas são prudentes no trânsito. Já nos indicadores de segurança, mais de 75% disseram não ter passado ou presenciado assaltos nos ônibus. No geral, 46,39 pontuaram que o sistema de transporte público melhorou no último ano.

“Cuiabá está mudando. Estamos trabalhando continuamente em todas as esferas para que as melhorias aconteçam e nossa cidade se transforme, resgatando a força do povo cuiabano. Este resultado positivo em vários indicadores do transporte público é um exemplo dessa força-tarefa de um ano de serviço prestado à população, onde já cumprimos mais de 25% das promessas de campanhas e vamos avançar ainda mais, rumo a Cuiabá 300,” observa o prefeito Emanuel Pinheiro, que inaugura nesta sexta-feira (5), o primeiro ponto de ônibus do estado movido à energia solar.

Ainda segundo a pesquisa, 42% da população cuiabana aprovou as faixas preferenciais de pedestre, dizendo que o tempo das viagens foi reduzido com as instalações das novas sinalizações. De acordo o diretor de Transporte da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) o resultado é fruto de um intenso trabalho em ação conjunta entre município e as empresas do transporte público, que continuamente vem desenvolvendo capacitações junto a este grupo de funcionários, visando o melhor atendimento aos usuários dos coletivos.

“São parcerias importantíssimas para nossa Capital. Antes tínhamos um quadro muito negativo nessa esfera, devido ao alto número de registros em reclamações voltadas para o transporte público e uma demanda abrangente na questão comportamental dos motoristas, acarretando um descontentamento os nossos usuários. Diante deste contexto, começamos realizar este trabalho sucessivamente e agora já estamos vendo os resultados positivos. É um tarefa de plantar ‘sementinhas’, pois se trata de mudara a cultura de pessoas  e isso  leva um tempo, mas com perseverança acreditamos que vamos chegar mais longe, melhorando Cuiabá  e a colocando entre as cidades com melhor índice de conscientização no trânsito,” diz Nicolau.

O acesso à informação também foi lembrado na pesquisa. 56,98% que já buscaram/buscariam os órgãos de transporte para denúncias, reclamações ou sugestões, com retorno positivo para os que buscaram.

A pesquisa foi realizada por meio de amostragem, respondida por 1.580 pessoas, sendo 51,39% corresponde ao público feminino e 48,61% masculino. Desses, 59,68% disseram ter ensino médio completo, 19,49% superior a mais, 15,25% fundamental e 5,57% não informaram.  54,56% das abordagens foram feitas dentro dos ônibus e 45,44% nos pontos de ônibus.

Em 2017, 68 milhões de usuários – pagantes e não pagantes - usaram o transporte público na Capital.  

FONTE: Prefeitura de Cuiabá
AUTOR: Luciana Souza